Para Refletir #36 - Leitura


8 de abril de 2018

Publicações de acesso aberto no portal da Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados disponibiliza uma Biblioteca Digital com um acervo dedicado a variados assuntos de interesse da casa legislativa e, é claro, de toda a população brasileira. São livros, artigos, ensaios, anais, áudios e vídeos sobre inúmeros assuntos. A busca por verbetes como “pesquisa científica”, “metodologia científica” e “conhecimento científico”, por exemplo, resulta em dezenas de fontes.

O portal informa que o acervo contém “publicações editadas pela Edições Câmara, trabalhos de órgãos técnicos da Casa, obras raras e valiosas, produção acadêmica de servidores da Câmara dos Deputados, estudos e notas técnicas das consultorias legislativa e de orçamento. Em sua maioria, os documentos da Biblioteca Digital são de uso aberto. Excetuam-se aqueles que dependem de licença para acesso ou que pertençam, por finalidade, à coleção de uso restrito à Câmara dos Deputados.” Vale a pena conferir.

http://bd.camara.gov.br/bd/

Prof. Alejandro Knaesel Arrabal

6 de março de 2018

#VaiComTudoTCC


4 de março de 2018

Prêmio CDPP 2018 de monografias sobre Políticas Públicas

Estão abertas as inscrições para o prêmio CDPP 2018 . O Prêmio tem a finalidade estimular a pesquisa na área de políticas públicas reconhecendo monografias de qualidade técnica e de aplicabilidade à resolução de problemas nacionais sobre o tema "como melhorar a distribuição de renda no Brasil?". Podem concorrer monografias individuais ou produzidas em grupos de até três autores, detentores de diploma de curso superior em qualquer área de formação acadêmica.

Premiação:
- R$ 25.000,00 (Vinte e cinco mil Reais) 1º colocado
- R$ 15.000,00 (Quinze mil Reais) 2º colocado
- Certificados e publicação das monografias dos dois primeiros colocados

Inscrições:
Até 28 de fevereiro de 2018.

Informações:
http://cdpp.org.br/site/pt/premio2018/

16 de fevereiro de 2018

[Artigo] Skinner e Feyerabend sobre o método e o papel da ciência em uma sociedade livre

Tipo:
Artigo publicado em revista científica
Temas em Psicologia
ISSN 1413-389X
(Consulte Qualis aqui)
Título:
Skinner e Feyerabend sobre o método e o papel da ciência em uma sociedade livre
Autor:
César Antonio Alves da Rocha (Lattes)
Resumo: 
"Da obra de B. F. Skinner fazem parte preocupações de ordem epistemológica, encerrando discussões sobre metodologia e critérios de verdade, e outras de ordem política e social, concernentes à relação entre ciência e sociedade. De um discurso, em alguns aspectos, coincidentes com uma forma de positivismo, Skinner passou a crítico de tendências puramente formalistas sobre o método científico, e de uma defesa do gerenciamento da sociedade por especialistas, passou a uma crítica à centralização do poder e à proposta de uma forma de organização baseada no controle face-a-face. Tratando de temas semelhantes, Paul Feyerabend desconstruiu a ideia de um método científico universal, denunciou um caráter potencialmente opressor da ciência, reclamando que o conhecimento científico não deveria ter inerente predileção sobre outras formas de conhecimento para o acesso às instituições de poder. Considerando a relevância da obra de ambos os autores para debates suscitados no âmbito da história e da fi losofia das ciências, este trabalho objetiva apresentar e discutir aspectos do comportamentalismo radical, de Skinner, e do anarquismo epistemológico, de Feyerabend, que tratam de temas comuns. Conclui-se que, apesar de diferenças salientes, as duas perspectivas contêm algumas proposições convergentes e virtualmente complementares, cuja interlocução poderia ser útil a seus objetivos de busca por uma sociedade livre."
Palavras-chave: 
Filosofia da ciência. B. F. Skinner. Paul Feyerabend. Comportamentalismo radical. Anarquismo epistemológico.
Link para o texto completo:
http://dx.doi.org/10.9788/TP2017.3-02Pt
Referência:
ROCHA, César Antonio Alves da. Skinner e Feyerabend sobre o método e o papel da ciência em uma sociedade livre. Temas em Psicologia, Ribeirão Preto, v. 25, n. 3, p. 913-926, set. 2017. Disponível em:  <http://lattes.cnpq.br/9158317976738950>. Acesso em: 12 fev. 2018. 

12 de fevereiro de 2018

[Livro] Uma história social do conhecimento II: da Enciclopédia a Wikipédia

Título:
Uma história social do conhecimento II: da Enciclopédia a Wikipédia

Autor:
Peter Burke

Editora:
Zahar

Edição:
2012

ISBN:
9788537808757

Sinopse:
"Contribuição preciosa à historia sociocultural da humanidade, Uma história social do conhecimento é o registro de décadas de pesquisa de Peter Burke sobre os caminhos que os homens trilharam até chegar ao atual estágio de conhecimento coletivo. Com clareza, poder de síntese e riqueza de informações, o autor conclui nesse segundo volume o mapeamento de tal percurso - da publicação da Enciclopédia de Diderot à Wikipédia. Com o foco sempre em grupos, instituições, práticas coletivas e tendências gerais (e não indivíduos), Burke completa seu amplo painel da trajetória dos conhecimentos humanos, reunindo e comentando contribuições de uma vasta gama de autores. O livro é dividido em três partes. A primeira mostra que atividades aparentemente atemporais — coletar conhecimento, analisá-lo, disseminá-lo e utilizá-lo — na verdade assumem diferentes formas em diferentes períodos e lugares. A segunda parte opõe-se à tendência de se escrever uma história triunfalista da aquisição e acumulação de conhecimento. Burke discute o preço do progresso, perdas de conhecimento e prejuízos decorrentes da opção pela especialização em vez do saber geral. A terceira parte oferece panoramas a partir das três dimensões essenciais de qualquer exame das atividades humanas coletivas: a geográfica, a social e a cronológica. Compara a experiência de centros e periferias e demonstra que cada uma das principais tendências do período estudado — profissionalização, secularização, nacionalização, democratização etc. — coexistiu e interagiu com a tendência oposta. Como sempre, Peter Burke apresenta espantosa erudição numa prosa de clareza e acessibilidade exemplares. Leitura essencial em todos os campos das humanidades e das ciências sociais."

Mais informações:
http://www.zahar.com.br
Referência:
BURKE, Peter. Uma história social do conhecimento II: da Enciclopédia a Wikipédia. Rio de Janeiro: Zahar, 2012.

26 de dezembro de 2017