[Paródia] Alienígenas do passado?

Paródia baseada em Giorgio A. Tsoukalos, apresentador do programa "Alienígenas do Passado" exibido no History Channel

23 de julho de 2014

Platão e Nietzsche: verdade e metáfora na linguagem

Tipo:
Artigo publicado em revista científica
Encontros de Vista
ISSN 1983-828X
(Consulte Qualis aqui)

Título:
Platão e Nietzsche: verdade e metáfora na linguagem

Autores:
FERRARI NETO, José (Lattes)

Resumo:
"A questão da possibilidade de conhecimento verdadeiro sobre a realidade através da linguagem é considerada a partir da análise do problema da figuratividade da linguagem e das condições de um estudo científico dos sentidos literais e não-literais. Discute-se o tratamento dado à questão da metáfora e de suas implicações para a construção de uma teoria geral do significado e para a elaboração de uma teoria epistemológica sobre a realidade objetiva, tanto do ponto de vista de teorias semânticas e linguísticas quanto da perspectiva da Filosofia. Cotejam-se as propostas filosóficas de Platão e Nietzsche nesse campo, com vistas a uma delineação geral dessa problemática, amparadas por contribuições advindas da Psicologia, da Linguística e da Semântica. O objetivo é ilustrar o quanto se está distante de uma solução definitiva para a questão."

Palavras-chave:
Linguagem. Verdade. Metáfora. Conhecimento. Significação.

Link para o texto completo:
http://www.encontrosdevista.com.br/Artigos/PLATAO_E_NIETZSCHE_VERDADE_E_METAFORA_NA_LINGUAGEM.pdf

Referência:
FERRARI NETO, José. Platão e Nietzsche: verdade e metáfora na linguagem. Encontros de Vista, n. 3, p. 100-108, jan./jun. 2009. Disponível em: <http://www.encontrosdevista.com.br/Artigos/PLATAO_E_NIETZSCHE_VERDADE_E_METAFORA_NA_LINGUAGEM.pdf>. Acesso em: 23 jul. 2014.

[Charge] Academia


22 de julho de 2014

[Livro] Nunca pura

Título:
Nunca pura

Autor:
Steven Shapin

Editora:
Fino Traço

Edição:
2013

ISBN:
9788580541106

Sinopse:
"Steven Shapin argumenta que a ciência, para todos esta imensa autoridade e poder, é e sempre foi um esforço humano, submetido às nossas capacidades e limites. Dito de outro modo, a ciência nunca foi pura. Os ensaios de Shapin coletados neste livro incluem reflexões sobre as relações históricas entre a ciência e o senso comum, entre ciência e modernidade, bem como entre a ciência e a ordem moral."

Mais informações:
http://www.finotracoeditora.com.br

13º Concurso de Monografias: Prevenção do Uso Precoce de Álcool


O Ministério da Justiça, por intermédio da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas e em parceria com o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), promovem o 13º Concurso de Monografias sobre o tema "Prevenção do Uso Precoce de Álcool". A ação faz parte da Semana Nacional Sobre Drogas, promovida pela Senad/MJ.

Premiação:
1º colocado: R$ 6.000,00
2º colocado: R$ 4.000,00
3º colocado: R$ 3.000,00

Inscrições:
Até 8 de setembro de 2014.

Informações:
http://www.justica.gov.br/noticias/mj-realiza-concurso-de-monografias-sobre-prevencao-do-uso-de-drogas

Confira também o "Calendário de Concursos de Monografias"

21 de julho de 2014

[Livro E-book] Linguagem e produção de sentidos no cotidiano

Título:
Linguagem e produção de sentidos no cotidiano

Organizador:
SPINK, Mary Jane (Lattes)

Editora:
Centro Edelstein

Edição:
2010

ISBN:
9788579820465

Sinopse:
Este livro foi "[...] produzido a partir do curso ministrado pela Professora Doutora Mary Jane Spink, na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul [...] aborda diversos temas importantes para a Psicologia Social, desde a problematização dos sentidos produzidos no cotidiano até sua relação com a pesquisa acadêmica. Aponta que, a partir da análise das práticas discursivas e dos operadores que as objetivam, passamos a compreender o sentido como um fenômeno sociolinguístico, uma construção social, coletiva e interativa. [...] esta produção assume especial importância para a Psicologia Social, por incluir em seu corpo teórico e metodológico o referencial das práticas discursivas e a produção de sentidos no cotidiano. É importante salientar que o Construcionismo Social inicia na Psicologia Social uma virada linguística, onde a linguagem não apenas explica a realidade, mas a constitui. Essa visão concebe sujeito e objeto comoconstruções históricosociais, estabelece uma crítica à ideia representacionista do conhecimento e da objetividade, problematizando aspectos sobre a realidade e o sujeito [...]"

Mais informações:
http://books.scielo.org/id/w9q43

20 de julho de 2014

Seleção de artigos indicados – Prática da Pesquisa - Vol. I

Para os amigos interessados em leituras sobre produção científica e questões epistemológicas em geral, eis a primeira seleção, em ordem alfabética (por autor) dos artigos e textos indicados no blog Prática da Pesquisa, durante o ano de 2010.
BARBOSA, Denis Borges. O orientador de tese é co-autor?
CHAGAS, Anivaldo Tadeu Roston. O questionário na pesquisa científica.
FREITAS, Henrique; OLIVEIRA, Mírian; SACCOL, Amarolinda Zanela; MOSCAROLA, Jean. O método de pesquisa survey.
LEITE FILHO, Geraldo Alemandro; MARTINS, Gilberto de Andrade. Relação orientador-orientando e suas influências na elaboração de teses e dissertações.
MOREIRA, Walter. Linguagem e ontologia.
ROMANCINI, Richard. A praga do plágio acadêmico.

18 de julho de 2014