[Livro] Ciência sem dogmas

Título:
Ciência sem dogmas

Autor:
Rupert Sheldrake

Editora:
Cultrix

Edição:
1ª (2014)

ISBN:
978853161272-5

Sinopse:
"O maior delírio do pensamento científico atual é a crença de que ele já compreende a natureza da realidade. As perguntas fundamentais foram respondidas, resta apenas esmiuçar detalhes. Neste livro, o Dr. Rupert Sheldrake, um dos cientistas mais inovadores da atualidade, mostra que pressuposições cristalizadas em dogmas estão restringindo a ciência. A 'visão científica do mundo' transformou-se num sistema de crenças. A realidade é apenas material ou física. O mundo é uma máquina composta por matéria inerte. A natureza não tem propósito. A consciência nada mais é do que atividade cerebral. O livre-arbítrio é uma ilusão. Deus existe apenas como uma ideia na mente humana, aprisionada dentro do nosso crânio. Sheldrake analisa cientificamente esses dogmas e mostra de maneira persuasiva que a ciência estaria melhor sem eles: mais livre, mais interessante e mais divertida. Como ele mesmo diz: 'Este livro é pró-ciência. Quero que ela seja menos dogmática e mais científica. Acredito que a ciência será regenerada quando se libertar dos dogmas que a reprimem.'"

Mais informações:
http://www.pensamento-cultrix.com.br

31 de agosto de 2014

A importância da disciplina de metodologia da pesquisa científica na universidade

Tipo:
Artigo apresentado em congresso

Título:
A importância da disciplina de metodologia da pesquisa científica na universidade

Autora:
Marivete Bassetto de Quadros (Lattes)

Resumo:
"Um dos parâmetros usuais para a categorização dos países, em avançados ou em desenvolvimento, ou das instituições de Ensino Superior, em boas ou regulares é, sempre e invariavelmente, a ênfase que imprimem à pesquisa científica. Esta questão, por sua vez, está vinculada ao ensino de graduação. No caso brasileiro, a deficiência que se observa no binômio pesquisa científica x graduação decorre de fatores diversos. Neste sentido, é na graduação que as imprecisões terminológicas precisam ser discutidas: O que é ciência? O que é pesquisa científica? Quando um estudo pode ser classificado como científico? Quem é ou o que é pesquisador? Diante de pesquisas efetivadas e resultados divulgados temos as seguintes problematizações: Como mensurar o caráter científico de uma pesquisa? Como mensurar coerência, originalidade, objetivação? Na nossa opinião, o distanciamento do mundo da pesquisa se inicia, ainda na graduação, e prossegue na pós-graduação lato sensu, como decorrência da forma como o conteúdo da disciplina de Metodologia Científica (ou denominações similares) é transmitido. Sem a pretensão de exaurir a temática, objetivamos discutir e analisar neste artigo alguns pontos de estreitamento para o desenvolvimento da pesquisa na graduação."

Palavras chave:
Metodologia. Pesquisa. Universidade. Graduação. Importância.

Link para o texto completo:
http://formacaodigital.com.br/wp-content/uploads/2009/08/QUADROSan2007.pdf

Referência:
QUADROS, Marivete Bassetto de. A importância da disciplina de Metodologia da Pesquisa Científica na universidade. In:  VII CONGRESSO DE EDUCAÇÃO DO NORTE PIONEIRO – Educação e Interdisciplinaridade. Anais... Jacarezinho: FAFIJA, 2007. Disponível em: <http://formacaodigital.com.br/wp-content/uploads/2009/08/QUADROSan2007.pdf>. Acesso em: 24 ago. 2014.

28 de agosto de 2014

Suíte on-line para editar arquivos PDF

Você já precisou reduzir o tamanho de um arquivo PDF, juntar páginas de arquivos separados ou converter o PDF para outros formatos? Estas e outras opções estão disponíveis no site SmallPDF. Nesta plataforma é possível comprimir, juntar, dividir, desbloquear, converter JPG, Word, Excel, PPT para PDF e para JPG.

Confira http://smallpdf.com/

26 de agosto de 2014

[Livro E-book] Conhecimento e justificação: problemas de epistemologia contemporânea

Título:
Conhecimento e justificação: problemas de epistemologia contemporânea

Organizador:
LUZ, Alexandre Meyer  (Lattes)

Editora:
NEPFil on-line

Edição:
2013

ISBN:
9788567332055

Sinopse: (texto extraído da Introdução):
"As questões relacionadas ao conhecimento estão entre as que são tradicionalmente classificadas como centrais para a investigação filosófica. Desde os primórdios, os filósofos têm se questionado, por exemplo, sobre os limites, a possibilidade e as fontes do conhecimento. O interesse pelo conhecimento não é, porém e certamente, exclusividade dos filósofos. Ele pode ser identificado, por exemplo, nas nossas práticas cognitivas cotidianas. De um modo ou de outro nós, freqüentemente, nos preocupamos, por exemplo, com a separação entre o que é mera opiniãoe o que é, efetivamente, conhecido, com a relação entre nossas crenças e o mundo [...]"

Mais informações:
http://nepfil.ufpel.edu.br/dissertatio/acervo-livro5.php

22 de agosto de 2014

ArtBio 2014 - 1ª Mostra de Arte Científica Brasileira

Até o próximo dia 20 de agosto de 2014 estão abertas as inscrições para a amostra de arte científica promovida pela agência ArtBio. Entre outros objetivos, o projeto busca "promover as relações entre as diferentes disciplinas científicas e seus respectivos métodos cognitivos, realizando uma abordagem que estimule a interação entre pesquisadores, educadores e estudantes".
Podem participar pesquisadores brasileiros e estrangeiros residentes no Brasil, estudantes de graduação, pós-graduação, docentes, titulares, contratados ou estagiários de laboratórios ou centros de pesquisas de empresas e instituições públicas ou privadas.
O tema é livre e serão aceitas imagens fotográficas, micrográficas, imagens de sensores, instrumentos ópticos, eletromagnéticos e eletrônicos, microscópios, telescópios, satélites, raio-x, ultrassom, ressonância magnética e instrumentos similares, produzidas por pesquisadores das mais variadas disciplinas científicas.
Informações e inscrições, confira o site www.artbiobrasil.org

16 de agosto de 2014

A prática da pesquisa em Comunicação: abordagem metodológica como tomada de decisões

Tipo:
Artigo publicado em revista científica
Revista da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação
ISSN 1808-2599
(Consulte Qualis aqui)
Título:
A prática da pesquisa em Comunicação: abordagem metodológica como tomada de decisões
Autor:
BRAGA, José Luiz (Lattes)
Resumo:
"O texto toma como eixo a questão prática de como fornecer, na realidade atual dos programas de pós-graduação em Comunicação, apoio para o encaminhamento metodológico adequado de teses e dissertações. Assume que pesquisas empíricas são um processo formativo essencial para mestrandos e doutorandos. Considerando a ineficácia da adoção de regras metodológicas apriorísticas e rígidas e a grande variedade de ângulos teóricos e de tipos de objeto na área, propõe perspectivas básicas e transversais para cuidados metodológicos, adequados à diversidade de pesquisas qualitativas. Observa que o abandono das regras apriorísticas torna a tomada refletida de decisões um elemento central do encaminhamento metodológico. O artigo oferece reflexões sobre três elementos da pesquisa: problematização, fundamentação teórica e observação empírica. Trata finalmente das objeções como processo central no avanço do conhecimento."
Palavras-chave:
Pesquisa em Comunicação. Metodologias. Currículo. Fundamentação teórica. Observação Sistemática. Objeções.
Referência:
BRAGA, José Luiz. A prática da pesquisa em Comunicação: abordagem metodológica como tomada de decisões, Revista da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação, Brasília, v.14, n.1, p. 1-33, jan./abr. 2011. Disponível em: <http://www.compos.org.br/seer/index.php/e-compos/article/viewFile/665/503>. Acesso em: 12 ago. 2014.

12 de agosto de 2014